31 de agosto de 2014

Vizinhos


Tenho daqueles que fazem um salsifré no quarto e que só acalmaram quando tive de lhes escrever um bilhete. Tenho daqueles que às vezes fazem jantaradas lá fora e tocam guitarra até às tantas da manhã. O que ainda não me tinha acontecido era esses mesmos estarem calminhos à noite e a partir das 4h ou 5h da manhã irem para o pátio falar e rir à gargalhada como se não houvesse amanhã. Acabou agora.

Suponho que tenham vindo de algum sítio e que fosse o fim de noite deles. Mas para mim foi um péssimo início de dia. E logo a um domingo, em que costumo acordar com os passarinhos a cantar. As gatas é que já se estão a vingar, cheira-me que vão compensar a dormir o dia todo.

9 comentários:

Mamã disse...

Olá,bom dia, amor.
SEM COMENTÁRIOS!
Beijinhos.

Anónimo disse...

Experimenta fazer-lhes o mesmo, mas às 10h da manhã :D

Joana PP

GATA disse...

Como em tudo na vida, é preciso sorte com os vizinhos!

Cristina Torrão disse...

Uma grande falta de respeito!

Vespinha disse...

Já conversei com eles, acho que não tinham noção do barulho que estavam a fazer. À noite, numa zona sossegada, qualquer ruidozinho ganha uma força enorme.

Ana Chagas disse...



Boa! Nem mais! A minha experiência também tem sido, na grande maioria dos casos, essa: a de que as pessoas não o fazem por mal, mas por não terem noção.
Viva o diálogo!

Ana Chagas disse...



Ah, uma adenda:

Se um dia apanhares um daqueles "ruins", terei todo o gosto em preparar-te uma playlist especial, "modo retalição". ;)

Vespinha disse...

Acho que um dia voi precisar mas é para o do lado esquerdo, os tais que fazem barulho no quarto. :)

Alex disse...

Vizinhos... até nisso é preciso ter sorte com o que nos calha!