19 de maio de 2009

3 dias antes: um realizador nova-iorquino

Nestas semanas antes de uma das viagens mais desejadas da minha vida, e por mero acaso, os canais por cabo têm transmitido uma série de filmes de um dos nova-iorquinos mais famosos. E, graças ao Meo, tenho conseguido vê-los todos.

A semana passada vi Manhattan (1979), um clássico de Woody Allen sobre os relacionamentos humanos numa grande cidade. Gostei.

Este fim-de-semana vi O misterioso assassínio em Manhattan (1993). Shame on me, nem sabia que Woody Allen tinha realizado este filme, que se tornou num dos meus preferidos do realizador. Por o considerar um dos exemplos de Allen neurótico-cómico, na linha de Vigaristas de bairro e A maldição do escorpião de jade. Por ser uma sátira divertida ao suspense de Hitchcock. Por mostrar um Woody Allen nervosíssimo, medrosíssimo, mas adorável. Com Diane Keaton e Anjelica Huston a ajudar. Excelente, entrou directamente para a minha lista dos Top100.