13 de abril de 2008

State of the music

Só para avisar que não quero passar por esta vida sem assistir a um concerto do camaleão. Porque não seria justo. Até ao fim da Península Ibérica, vou onde for preciso para o ver ao vivo. E levo o meu mano comigo.

E isto é também um protesto. Porque é indecente que a última vinda de Bowie a Portugal tenha sido em 1990, quando eu ainda não tinha sido contagiada pela sua voz, música e figura... Em Julho de 2004, no chamado Festival do Dragão, cheguei a ter bilhetes para o concerto, mas uma operação às cordas vocais impediu-o de vir. Grrr… (=raiva)

Muito poucos terão capacidade de se manterem na vanguarda desde há quase 40 anos. Sempre a inovar, sempre a adaptar-se aos novos sons, nunca se tornando no canastrão em que tantos outros da sua geração se tornaram, que cantam os mesmos antigos êxitos vezes sem conta. Bowie já terá experimentado de tudo, e ainda bem, porque só assim nos dá também um pouco desse tudo.

De Space Oddity a Reality, mais palavras para quê?



Space Oddity, 1969



Dancing in the Street, 1985



Thursday’s Child (álbum Hours), 1999



Days (álbum Reality), 2003

7 comentários:

Anónimo disse...

Fizeste-me rejubilar ao ler o teu tópico e, confesso que fiquei com uma lagrimazita no canto dos olhos. Parvoíce ou não, isso eu não sei, mas sei que simplesmente adoro o David Bowie enquanto Artista, personagem e Ser Humano. Acho que ninguém se pode equiparar a ele, apesar de muitos tentarem adoptar os estilo dele, nenhum conseguiu manter-se sempre na vanguarda como ele, e atenção, o David Bowie já conta com 61 anos!

Muitos (demasiados) são também aqueles que pegam em músicas dele e fizeram brilhantes recovers, mas as originais...são sempre as originais.

Por mais incrível que possa parecer não há nenhuma música dele que não goste, todas elas têm o seu encanto e algo de diferente. Quando estou mais em baixo é David Bowie que ouço e logo esses momentos menos positivos passam.

Esqueceste-te de referir que, além de cantor o David Bowie é também em "part-time" actor, tendo já entrado em alguns filmes que são pouco conhecidos. :(

Mas há duas coisas que "não lhe perdoo". Uma foi ter sido convidado para compor e interpretar o tema de entrada e de ser o respectivo vilão para um destes recentes filmes do James Bond, convite esse que recusou... :( Ora, eu sendo um fã incondicional do 007, quando conjugado com a música/letra do David Bowie perpetuada num destes filmes e vê-lo novamente a representar, seria talvez para mim um dos filmes da minha vida. :)

A outra coisa que não perdoo, é nunca o ter visto (ao vivo) em palco... :( :( E mesmo se tiver a oportunidade de o ver ao vivo, obviamente que a músicas que mais gosto, ele não irá cantar… :( A Space Oddity ao vivo deve ser algo arrepiante!! Tenho em DVD um concerto onde ele cantou a Space Oddity a já assim é de arrepiar.

Mana, salvo erro o grande problema de não ter vindo a Portugal em 2004 foi o facto de todo o festival ter sido cancelado por causa de umas trafulhices da organização...Grrrrr

Já agora, para quem está a ler e quiser saber mais sobre ele visitem estas páginas:
http://pt.wikipedia.org/wiki/David_bowie

http://en.wikipedia.org/wiki/David_bowie

E o site oficial dele, que desde 2004 que ficou parado no tempo... :(
http://www.davidbowie.com/


Obrigado e beijinhos, :)

P.S.: Bem sei que pareço um puto a falar, mas com o David Bowie é assim mesmo, ou se adora ou se detesta.

Vespinha disse...

Pois, parecemos daqueles adolescentes fanáticos que gritam e puxam os cabelos quando vêem os seus ídolos... mas com o camaleão é mesmo assim... Também eu não consigo apontar UM tema dele de que não goste.

E mantém-se a promessa: até ao fim da Península Ibérica, lá iremos nós, com ou sem Space Oddity!

Anónimo disse...

E viva o Youtube. :D Podia passar o dia todo a colocar aqui links, mas só deixo mais dois. he he he

http://www.youtube.com/watch?v=-n5pl-AtiCQ

Little Wonder, Acho este video clip brutal pelo sinistro que é (1997):
http://www.youtube.com/watch?v=57fNd298osk

Seven Years in Tibet, cantada em Mandarin (1997):
http://www.youtube.com/watch?v=iyh2_TF_ZNI

Queen Bitch (1972):
http://www.youtube.com/watch?v=GwmwA9C4eEo


Beijinhos,

Anónimo disse...

Juro que é o último com que vão ter de gramar, mas esta é uma clássico!!!

Ao vivo David Bowie com o Freddie Mercury em Under Pressure! Deste tipo de duetos é que infelizmente nunca iremos assistir :( :(, esta foi a primeira vez que os Queen se juntaram a outro Artista para editar uma música :)
http://www.youtube.com/watch?v=UdaHCLlBkWU


Beijinhos,

Vespinha disse...

Maninho, estás imparavável! Assim não vai haver espaço para mais ninguém escrever comentários! ;) Em termos de fanatismo ganhas-me aos pontos!

Agora a sério, vídeos fantásticos! Acho que também consigo cantar em mandarim assim... E «sinistro» para Little Wonder é um eufemismo...

Anónimo disse...

Contem comigo nessa viagem para ver David Bowie...eu, felizmente, vi o concerto de Alvalade (1990)...com algumas histórias atribuladas pelo meio uma vez que não tinha dinheiro para o bilhete....mas consegui e foi um concerto fantástico...nada de efeitos especiais, apenas o grande interprete, grandes músicas e muito, muito nível...

Anónimo disse...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,酒店,