23 de agosto de 2012

O ataque das vespas


Hoje a Vespinha saiu de casa depois de ter dado uma festinha à Vespa gata.

Vestiu o casaco e lá foi trabalhar na Vespa mota.

O problema foi quando a meio do caminho foi atacada por uma Vespa vespa.

E passados 10 minutos por outra. E passada meia hora mais uma vez ainda. Para quem nunca tinha sido picado por uma vespa ou por uma abelha, três ferroadas em 40 minutos foi dose. Garanto que dói, e muito. Quase que posso afirmar que hoje o feitiço virou-se contra o feiticeiro.

11 comentários:

CAP CRÉUS disse...

Mas ias a conduzir?
Tramado, não?

Vespinha disse...

Ia a conduzir aquando da primeira picada. Como o casaco tem mangas largas, a única hipótese é ter atravessado um enxame, e duas entraram pela manga. A dor no braço foi brutal, parei logo e a vespa.

Mal sabia eu que havia lá outra, que me picou nas costas quando cheguei à garagem da editora e meia hora mais tarde de novo, na barriga, até que finalmente a descobri...

Acho que as probabilidades de ser picada nos próximos anos é bastante baixa... :)

papoila disse...

Que horror!!!! Podias ter-te despistado...também acho que tão depressa não deves ser "visitada" por elas :)))

joana disse...

completamente surreal!

Vespinha disse...

Pois podia, até porque a dor é bastante. Mas estou aqui vivinha da silva, apesar de com algumas dores. :)

Cristina Torrão disse...

É preciso ter azar. Mas, ainda assim, não parece ser alérgica às picadas, o que podia ser bem grave...

Vespinha disse...

Sim, pelos vistos não sou alérgica... senão tinha sido o fim da picada! (no verdadeiro sentido do termo, lol)

CAP CRÉUS disse...

Mesmo assim, grande sorte. As melhoras!

Alex disse...

Bem que cena, sendo elas vespinhas como tu, foram ferrodas de amor...

Vespinha disse...

E das violentas!

Sofá Amarelo disse...

Elas andam aí...