21 de janeiro de 2013

Cá em casa é mais versão self-service


Se bem que com algumas palmadas pelo meio. Mas a culpa também é minha, que podia cortar-lhes as garras mais vezes.

4 comentários:

Carolina Duarte disse...

AHAH, a minha bixinha são os dentes. Tem de ferroar tudo

Smelly Cat disse...

Também há o mesmo problema cá em casa. Há uns tempos comprei um arranhador todo catita... A gata já vai lá afiar as unhas, mas acho que o gato ainda não percebeu muito bem para que é que aquilo serve (ele só gosta daquilo para se esconder na pequena "casota" que aquilo tem por baixo). Para lhes cortar as garras, acho que tinha que arranjar um fatito daqueles do corpo de intervenção da polícia, para me proteger das feras...

Vespinha disse...

Eu em tempos para enfiar uma das minhas na toca tinha de ser com o blusão da Mota vestido, daqueles reforçados... mas cortar as unhas consigo, as das patas da frente!:)

Anónimo disse...

Tenho 3, dos quais 2 são relativamente fáceis, mas tenho um cabrãozinho a quem cortar apenas 1 unha é uma missão digna de se chamar impossível! Ao final de umas tantas tentativas termino eu toda arranhada, exausta, cheia de pelo, frustrada e unhas........nem vê-las!