3 de maio de 2013

Ou eu sou muito burra, ou ele não explicou nadinha

Falou da idade da reforma, falou de despedimentos, falou de contribuições especiais dos pensionistas. Tudo vago, tudo no ar  Mas afinal o que é o complemento extraordinário de solidariedade que os pensionistas já pagam desde o início do ano? Não é isso mesmo? Ou agora ao "complemento extraordinário" junta-se uma "contribuição especial"? Senhor ministro, explique-me como se eu fosse muito, muito burra...

10 comentários:

Teresa disse...

Eu fiz zapping por tudo o que era comentário, e fiquei na mesma Não percebi nadinha! Somos nós as burras??Não!!!

Nadinha de Importante disse...

Ele explicou..passo a traduzir que já falo coelhês:
Reforma para os trabalhadores - 66 anos
Despedimentos - para quem tem menos de 50 anos, e que precisa de trabalhar para viver( ou seja quem ganha pouco)
Aumenta-se o horário de trabalho da função pública, para não precisar de tantos!
Pensionistas - pagam a taxa de solidariedade(como todos os trabalhadores!) mais uma taxa só assim por causa das queixas!!
Medidas para encavar os trabalhadores!!
Desculpa a linguagem

Vespinha disse...

Pois, não devemos ser... Querem é que pensemos que somos.

Mamã de Peep-Toe disse...

Regalias que foram dadas ao longo dos anos para ganhar eleições e que agora tiram. Mas é sempre aos mesmos....

medusa disse...

era uma bomba!!!

Vespinha disse...

Precisamente o que diz o meu pai...

P.T. disse...

Mas não é fácil apanhá-los todos juntos no mesmo sítio. Tinha de ser uma coisa "à Tarantino".
Devia ser lindo de ver. :)

Vespinha disse...

Tipo o final de «Sacanas sem lei»? LOL

P.T. disse...

Não sendo muito mauzinho, SIM!

Vespinha disse...

Eu delirava!