23 de junho de 2013

Ao sol é que hoje não me apanham

Depois do calor de ontem, de a minha mãe ter apanhado uma insolação e de eu ter estado lá perto, o dia de hoje é dentro de casinha (ou casinhas, mas propriamente), que o susto foi grande.

6 comentários:

Wendy disse...

Possa! É preciso ter cuidado porque o sol está demoníaco. Apesar de me bronzear facilmente e às vezes só com o ar da rua ficar bronzeada, eu uso sempre protector factor 30, at all times. E ainda tenho um para a cara, factor 50.
Cuidado com isso, a tua mãe que experimente pôr biafine, ajuda a acalmar e trata.
Bjs

Vespinha disse...

Não houve escaldão, foi é muito tempo a andar ao sol de um lado para o outro, e ela até tinha protetor na cara. O problema foi mesmo o calor, o sol na cabeça e o calor extremo. Mas agora já está tudo bem. :)

Dani disse...

As melhoras para as duas ;)

Beijinho

cacaucaramelo.blogspot.pt

Cailin disse...

espero que ela esteja melhor, uma insolação é horrível, dá um mau estar daqueles!

Lígia disse...

Pois, aquela senhora sempre era a tua mãe;) Ainda falei um bocadinho com ela e a Emma esteve a dar-lhe beijinhos ;) Ainda bem que já está bem! Eu apanhei fila na ida para a margem sul, já tava a entrar em paranóia porque tinha os 4 patas no carro e estava mesmo muito calor...a meio passei para o banco de trás para lhes dar água e molhar a cabeça! Que caloraça que veio de repente!!

Vespinha disse...

Sim, foi terrível, apanhámos um grande susto (e foi pouco depois de tu te teres ido embora, Lígia). Felizmente tudo passou, fomos para casa, estabilizámos a temperatura do corpo e aprendemos a lição. :)