4 de novembro de 2013

A confiança no mundo, de José Sócrates

Por favor, não me atirem pedras antes de falar um pouco deste livro. Porque não vou aqui falar de José Sócrates. Nem de o livro ter sido impedido de vender em alguns locais mas ter tido centenas de pessoas no seu lançamento.

Aviso: Este livro não é sobre José Sócrates. Nem do seu papel como ministro, primeiro-ministro ou oposição.

Este livro é a tese que teve de apresentar no seu mestrado em Teoria Política. É um livro sobre a tortura em tempos de democracia e em países democráticos. É um livro fundamentado numa série de pensadores, que retrata muito bem os tipos de tortura ao longo da história (desde a tortura como punição por algo feito até à tortura como meio de persuasão para prever o futuro). Que retrata os torturados mas também os torturadores. Que pouco fala de métodos, mas muito de consequências. E que conclui que a tortura, tenha ela o objetivo que tiver, nunca servirá o bem.

11 comentários:

CAP CRÉUS disse...

Estás com miaúfa? ehehehe
Leste isto bem? Não é maçador?

homem sem blogue disse...

Aconselhas?

homem sem blogue
homemsemblogue.blogspot.pt

Fátima Oliveira disse...

Fiquei curiosa em ler, depois de ver a entrevista de sábado ao Daniel Oliveira

Vespinha disse...

Miaúfa, eu? Já assumi tantas vezes que sou socratista... :) Mas isso à parte, é claro que este livro não se lê como um romance, está cheio de referências históricas e bibliográficas, mas é muito interessante. Eu aprendi umas coisas.

Fátima, também vi a entrevista e gostei. Acho que foi a primeira vez que o Daniel Oliveira não pôs alguém a cheirar, LOL! (Se bem que eu tenha visto um certo brilho nos olhos do Sócrates...)

Sérgio S disse...

A dívida é a nova forma de tortura :p

Vera, a Loira disse...

Tenho que comprar.

marta disse...

Tortura foi aquilo a k ele e os seus amigos xuxas nos submeteram até agora!

Lá de tortura em países democráticos sabe ele bem, mto bem até!

Marta

Vespinha disse...

Marta, desculpe, mas quem fala assim não pode ter a mínima noção do que é a tortura.

Aconselho este livro:

http://vespaaabrandar.blogspot.pt/2013/06/os-ultimos-presos-do-estado-novo.html

Anónimo disse...

Sou totalmente contra a tortura e os estados que a praticam.
Trabalhos como este deviam ser mais frequentes para incomodar muitas nações.
Quanto à autoria do livro, alguém acredita que foi o antigo 1º ministro que o escreveu?
Pagou e assinou por baixo.
Acordem!!!

marta disse...

Foi uma piada....desculpe mas não resisti... sendo socratiana assumida talvez tenha levado como 1provocação, mas não foi, de todo... só k não resisti... =)

Vespinha disse...

OK, bandeiras brancas hasteadas! :)