21 de dezembro de 2013

Tenho andado um bocado calada quanto ao estado do país

Não que não pense no assunto, mas porque tenho andado numa de esperar para ver. Mas a verdade é que, com um governo que perante uma decisão do Tribunal Constitucional a primeira coisa que declara é que vai estudar como a pode contornar, tenho de dizer: está na hora de o paradigma mudar, e de alguém ensinar ao governo que tem de aprender a governar um país segundo a lei.

8 comentários:

GATA disse...

Mas há muito tempo que este país não tem lei...

Smelly Cat disse...

Então, a lei é que têm que se adaptar as suas excelências!

Joao Matos disse...

Mais triste do que tudo isto, é existirem pessoas que mandam postas de pescada sem perceber nada do assunto!
O tribunal constitucional é constituído por juízes NOMEADOS, não por juízes de carreira, por juízes que após 10 anos de estarem a exercer têm direito a uma reforma de 7.000€. Os juízes são nomeados pelos partidos políticos e neste momento os juízes nomeados pelo ps e pelo cdu estão em maior numero do que os juízes nomeados pelo psd, logo as reformas nunca poderão passar. no fundo trata-se de uma segunda assembleia. o que é sugerido não está forma da lei, os juízes do TC é que decidem se é "anti-constitucional" ou não...
70% dos custos do estado advêm dos custos de pessoal, 70%!! Mesmo que se corte nos outros 30% isso nunca será suficiente. Eles têm obrigatoriamente que cortar nos ordenados e pensões.
Podemos e devemos dar voz à nossa insatisfação, mas penso que devemos antes saber do que falamos.

Boas Festas.

Vespinha disse...

A decisão foi tomada por unanimidade, isto é, por TODOS os juízes do TC, seja de que partido forem.

Nadinha de Importante disse...

Tem sido um regabofe com a Constituição, que mais uns meses (sim o orçamento também vai ser inconstitucional)que as pessoas vão começar a concordar com a alteração da Constituição. Será tão difícil ler a Constituição e fazer as coisas de acordo com ela? Não percebo!

nadinhadeimportante.blogspot.pt

Teresa disse...

Este (DESGOVERNO),não sabe ouvir um NÃO!!!

Joao Matos disse...

Santa ignorância.

Vespinha disse...

João, claro que pode defender as ideias que entender, agora chamar ignorante a quem não defende as mesmas é que me parece de grande intolerância.