22 de janeiro de 2014

E ainda há quem diga que os gatos não são pacientes...

12 comentários:

Nada disse...

Desgraçados...

Celeste Silveira disse...

Eles "derretem-se" pelas crianças. E são tão FOFOS!

J. disse...

Hehehe os animais sofrem :D

GATA disse...

Ai pobres primos...

Vespinha disse...

Ainda por cima estão a ser agarrados pelo pescoço! :)

Sérgio S disse...

Um destes dias, estava eu a ler um artigo qualquer por aí (já nem me lembro bem onde, se na net ou em papel), que falava da forma como os animais viam os seus donos. Entre várias conclusões, a que mais me chamou a atenção foi a que dizia que os gatos não nos vêem como outra espécie, uma vez que […explicação altamente técnica e complexa…], para eles somos simplesmente "gatos gigantes". E a cena “o meu gato faz parte da família”, consta que não é reciproca: para eles não fazemos parte da família deles.

Vespinha disse...

Não, eu não quero acreditar nisso! (Mas não me importo que elas me considerem um gato gigante, LOL)

Celeste Silveira disse...

E além disso, se eles nos vêm de facto como gatos gigantes, acabamos de alguma maneira por ser... também da família deles. Só que em mais crescido. É ou não é?

Celeste Silveira disse...

E além disso, se eles nos vêm de facto como gatos gigantes, acabamos de alguma maneira por ser... também da família deles. Só que em mais crescido. É ou não é?

Vespinha disse...

Pois, eu também acho!

Luísa Pereira disse...

Olá!
Assim que vi este post, lembrei-me de ti :)
http://www.spoon-tamago.com/2014/01/24/nekofont-a-typeset-made-from-cats/

só uma adenda, "neko" é gato em japonês

bjs,
luísa

Vespinha disse...

Que giro! Adorei. :)