21 de fevereiro de 2014

Só me apetece dizer palavrões...

7 comentários:

GATA disse...

A sério??? Então... E que tal matar a população portuguesa? Assim resolviam o assunto de uma vez por todas! Claro que eu arranjava maneira de voltar em espírito e os assombrar e, se possível, matá-los com de susto!

Ana Chagas disse...



Neste caso, qualquer palavrão, por mais tenebroso e imaginativo, ficará sempre aquém do que estes srs merecem.
Se me falarem em ajustamento de salários, de forma a impôr um intervalo menor entre ordenado mínimo e máximo, (por exemplo entre 1000 e 5000 euros), com o objectivo de termos uma sociedade mais igualitária, contem comigo.
Agora, mais cortes, que inevitavelmente irão recair sobre os menos privilegiados?! Nunca.

Teresa disse...

P...q..o.p....!!!!!!!!

Smelly Cat disse...

Só dá mesmo vontade de dizer palavrões. E daqueles mesmo cabeludos.

espressoandstroopwafel disse...

Realmente nao ha explicacao...e o estrangulamento do mercado interno? Querem que fiquemos condenados a produzir produtos baratinhos para os outros paises?

Leana disse...

Grandessíssimos cabrões, filhos de uma grande put@!

Vespinha disse...

E ainda vai o partido do governo para um congresso afirmar e reafirmar que estamos muito melhor do que há 3 anos... para logo a seguir dizerem que temos de fazer mais cortes. É chantagem psicológica do mais baixo nível.