2 de maio de 2014

A operação da Loba foi assim

Em primeiro lugar, quero agradecer a todos os que nos desejaram boa sorte e torceram pelo sucesso da intervenção, via blogue, SMS ou Facebook. Bem sei que era só uma «esterilização», mas eu ainda não aprendi a lidar de modo totalmente natural com estas coisas.

Depois de um jejum de mais de 12 horas, deixei a Loba na Clínica do Animal às 10h30. Desde outubro que queria ter feito isto, mas um problema na pele dela e depois um novo cio obrigaram-me a adiar as coisas. Sabia que ela também teria de retirar algum tecido para fazer biopsia (por causa do tal problema na pele) e, acima de tudo, que é uma cadela grande que custa sempre mais a operar. Mas as veterinárias sossegaram-me, com o profissionalismo que encontro sempre na clínica.

Pela hora de almoço ligaram-me. Tinha corrido tudo bem, a Loba estava a começar a acordar mas tinha havido uma «surpresa»: a Loba estava grávida, embora de muito pouco tempo, de oito cachorrinhos. Fiquei boquiaberta, porque durante o cio sempre a mantivemos separada do Cascão e com todos os cuidados. Mas como não há milagres, e o encontro teve de acontecer, só posso encontrar explicação no jardineiro, que numa das suas visitas terá deixado por momentos aberto o portão que os separava.

Passei a tarde toda a pensar naquilo. Oito cachorrinhos! Por um lado, pensava no que seria tê-la grávida, no esforço que seria para ela e para nós, no parto, nos primeiros meses de vida dos bichos e em como arranjar donos para tantos. Por outro, tinha pena daquelas alminhas.

E foi só quando a fui buscar, pelas 19h30, que fiquei mais descansada. As crias não eram oito, eram onze (ONZE!), e eram ainda apenas sacos embrionários, o que significa que estavam numa fase de desenvolvimento muito incipiente e que a conceção era muito recente. Onze crias dificilmente sobreviveriam na totalidade, não só porque a Loba só tem oito maminhas mas também porque não é assim tão grande (apesar de ter 28 kg) para suportar uma gravidez assim. Em resumo, tivemos todos muita sorte por se ter dado tudo agora.

A Loba ainda vinha muito fraquinha, apesar de já caminhar sozinha, mas mal chegou a casa quis logo beber e comer (pouco, porque não lhe demos mais com medo do vómito). E vinha com o seu body cor-de-rosa, toda contente por ver a dona. Passou bem a primeira noite e ontem até já foi à rua algumas vezes, para apanhar sol. E está a tomar a medicação exemplarmente. Além de já ter tentado fazer algumas asneiras. No sábado vamos de novo à clínica para verificar as suturas, mas confio que tudo irá correr bem.

É uma valente, a nossa Loba!

9 comentários:

Alex disse...

Que valente que é a loba! Vai tudo continuar a correr bem! Bjs

Nadinha de Importante disse...

Vai tudo correr bem, agora é sórecuperar e ficar fresca e fofa!! Onze, onze cachorrinhos, isso é que teria sido!!

. margarida . disse...

Na próxima semana já vai poder retomar a sua vidinha...
Boa recuperação Loba !

GATA disse...

A LOBA é valente! Mas... O CASCÃO é, digamos, potente!!! :-) [o-n-z-e???]

PS: o body cor-de-rosa é o máximo! LIKE! :-)

Anónimo disse...

Rápidas melhoras para a Loba!

Joana PP

Anónimo disse...

Rápidas melhoras para a Loba!

Joana PP

Vespinha disse...

Hoje já anda a fazer asneiras... :)

Ana Chagas disse...



Continuação de galopante boa recuperação! :D

CAP CRÉUS disse...

Tudo a correr bem!