26 de maio de 2014

E quando nos cruzamos com o passado numa esquina?


Cumprimentamo-lo e seguimos o nosso caminho. Para a frente.

6 comentários:

Kat disse...

:)

Sara ProfissãoMãe disse...

olhar para o lado e assobiar :)

Vespinha disse...

Faltou o assobio. :)

GATA disse...

Depende do passado: há o passado que se cumprimenta e se continua o nosso caminho; há o passado que se disfarça e se ignora; e há o passado em que se atravessa a rua, porque só o facto de nos cruzarmos com certa criatura revolta-nos as entranhas...

Vespinha disse...

Não houve hipótese de escapar, nunca se sabe quem está ao virar da esquina...

Margarida disse...

É preciso muito tempo para deixarmos de sentir um sobressalto por dentro nessas ocasiões...