18 de novembro de 2014

A vida e o universo, segundo uma criança de 9 anos

Impressionante como este rapazinho com apenas 9 anos já consegue pensar sobre coisas como o sentido da vida, o universo, o destino. E verbalizá-lo. E, mais ainda, consegue pôr em causa tudo o que diz, não o tomando como uma verdade absoluta.

2 comentários:

Sérgio S disse...

Há que ter cuidado com estes casos. A minha mãe conta-me que já teve um aluno supostamente "génio", com capacidade de surpreender qualquer adulto com um discurso sobre o universo e afins, e que no final tinha dificuldades de aprendizagem. Falava sobre o universo e os planetas mas não sabia a diferença entre uma cenoura e uma alface e rapidamente se percebia que o discurso era apenas uma "cassete" programada pelos pais que queriam à força toda que o filho fosse isto e aquilo. E para a posteridade funcionava, afinal os miúdos tem a capacidade de repetir as coisas com segurança, agora para quem lidava com ele no dia-a-dia na sala de aula a conversa era outra. Agora como explicas a estes pais que o miúdo não só não é nenhum "génio", como pelo contrário devia ter um acompanhamento especial?

Vespinha disse...

Claro que não sei mais nada sobre este caso, e concordo contigo quanto às crianças génio em geral. Mas este não me pareceu assim, pareceu-me uma criança que gosta mesmo de pensar. Há uma versão do vídeo mais completa, e sente-se que ele não está a debitar, até porque vai fazendo coisas ao mesmo tempo, está descontraído.