29 de janeiro de 2015

Acordar de noite ou sair do trabalho de noite?


Com o horário de inverno é uma coisa ou outra, não há volta a dar (a não ser poder acordar mais tarde ou sair mais cedo...). A mim, o que custa mais é acordar ainda cheia de sono, abrir as persianas, ver tudo escuro lá fora e pensar que devia era voltar para a cama. À tarde, sair do trabalho já de noite não me custa tanto.

E por aí, qual é do mal o menor?

4 comentários:

medusa disse...

eu por aqui pode ser uma coisa e a outra, dependendo do horário que estou a fazer!
Mas felizmente os dias já se notam maiores

Sérgio S disse...

A minha desilusão de hoje foi ir à janela de manhã à espera de ver um pouco de neve nos telhados e afinal nada... Agora está um sol que parece que estou em Lisboa. Mas antes isso que chuva. Talvez amanhã neve um pouco aqui em Bruxelas, se bem que a minha confiança nos serviços meteorológicos esteja um pouco em baixo. Está visto que não são só os nossos que falham.

Alexx M. disse...

Sou exatamente como tu. Acordar de noite é deprimente. Entre os dois males, escolho sair à noite.
Ai, mas como anseio pelos dias longos de verão. O tempo parece que se espraia e há horas para tudo, mesmo que o dia continue a ter só 24. :)

Vespinha disse...

Eu quero os dias longos de verão mas com as temperaturas da primavera. :)