16 de janeiro de 2015

Porque é que tanta gente se esquece disto?

Visto na rua Dom Luís I, Lisboa.

1 comentário:

Ana Chagas disse...



Muito bom!
Conheço o edifício.
Eu diria: um mestre nunca deixa de ser aluno. ;)