19 de fevereiro de 2015

O mistério dos gatos que são sempre gatas

Faço sempre um brilharete quando olho para um certo tipo de gato e digo peremptoriamente sem sequer me aproximar: «É uma fêmea.» Reação: olhos arregalados e um «Como é que sabes?».

Pois aprendam que eu não duro sempre: gatos que tenham mais de 2 cores (sendo duas delas o preto e o laranja) são sempre fêmeas (a não ser que tenham uma determinada doença, o que também pode acontecer mas não é frequente).

Ora vejam:


Em resumo:
- o gene que determina se um gato vai ser preto ou laranja está no cromossoma X;
- as fêmeas têm dois cromossomas iguais, XX;
- os machos têm dois cromossomas diferentes, XY;
- logo, se um gato tem preto (X) e laranja (X), só pode ser fêmea.

Fácil, não é?

Gata, portanto.

6 comentários:

CAP CRÉUS disse...

AHAHAH!
Também faço isso e acerto sempre.
Muitos anos desta vida de ter gatos e gatas :-)

Dani disse...

uau. Esta é uma novidade para mim. Sempre a aprender eu!

cacauecaramelo.blogspot.pt

espressoandstroopwafel disse...

Nao fazia ideia! Super interessante :)Vou comecar a fazer brilharetes nos cafes e lojas de Utrecht e Amsterdam :D

Vespinha disse...

A sério que ficarão sempre bem vistas! ;)

Lígia disse...

Muahaha, passo pelo mesmo!! :D isso e por reconhecer e chamar pelo nome a pelagem "tartaruga" ;)

Vespinha disse...

Pronto, agora já divulguei o segredo e vamos deixar de fazer um figurão! :)