26 de agosto de 2015

Os gatos caseiros também sofrem

Acho que a TT está em stresse. Quando voltei de férias, reparei numa pelada numa das patas. Aos poucos, fui reparando que a pelada ia aumentando e era feita por ela própria, lambendo e talvez até roendo o pelo. Há uns dias, detetei mais uma peladinha na outra pata.

Entretanto, li umas coisas acerca do assunto. Parece que pode ser uma reação à ausência prolongada do dono, e que mesmo depois de o dono voltar a mania se mantém. E sempre que saio de manhã para ir trabalhar faz-me uma fita quase como uma criança, a miar e a roçar-se nas minhas pernas. Pode ainda ser uma reação ao estado de espírito do próprio dono, e isso também explicaria o problema dela.

A verdade é que estou sempre a impedi-la de o fazer, mas sei que durante o dia fará o que lhe apetece. Amanhã falarei com a veterinária, mas para já vou tentar ter mais brinquedos disponíveis e seguir os conselhos 2 e 3 abaixo. Apesar de duvidar que funcionem. E de me custar.

7 comentários:

Ela e Ele Ele e Ela disse...

Nunca tinhamos ouvido falar disto! É uma total novidade... Depois conta-nos como correu. Esperamos que bem.

As melhoras!

CAP CRÉUS disse...

A minha faz o mesmo, mas na barriga. E já há uns dois anos.
Aqui julgo que tem a ver com a comida. Está sempre a pedir e a querer mais e "aspira" a que tem à disposição. Como lhe corto as vazas fica doida.

Depois como deixou de ser "filha única", penso que terá agravado a coisa.

Antes de Agosto fui às vacinas e fazer uma revisão, e a médica disse que para já não íamos fazer nada, mas que existem uns comprimidos, etc etc.
Ainda me falou em colocar comida pela casa (WTF??), coisa que acho simplesmente parvo e penso que é uma moda qualquer, pois há cerca de 4 anos a clínica em Algés veio com essa conversa.

A juntar a isso, temos os 11 anos da Ingrid, que se começam a notar, nas asneiras e atitudes.

Vespinha disse...

Hoje de manhã tive de ir à veterinária, porque a Vespa deve ter dado um jeito na pata e andava a coxear e com dores, mal dormiu. Falei no caso da TT e ela disse que ou não se fazia nada ou dava-se uns comprimidos durante cerca de um mês para aliviar o stresse e ver se ela deixa de ratar o pelo. Trouxe-os, porque temo que com tanto ratanço faça ferida. Espero que funcionem!

Anónimo disse...

Vespinha, que agonia! Quando eles começam a alterar o comportamento. São como crianças que, por não conseguirem transmitir o que lhes aflige, deixa os pais angustiados. Acho estranho o conselho do vet. há algumas coisas que podem ser feitas, sim.
Uma você já fez, oferecer-lhe distração. Outra coisa que pode fazer é colocar um difusor com feromonas - Feliway. Compra-se no vet. Aqui no vet Vasco Da Gama, como eles não têm o refil, o pack que vem com o difusor, que custa mais do que só o refil, está sendo vendido pelo preço da recarga
Este é o site para você ver do que é que se trata - http://www.feliway.com/pt
Experimente deixar uma peça de roupa, que tenha o seu cheiro, em num sítio onde ela possa ter contato. Para falar a verdade, não sei se esta funciona muito bem, mas não custa tentar
Peça a algum parente próximo, que passe lá uns dias enquanto está fora.
Se o problema persistir, ainda pode tentar uma abordagem mais holística e que fez milagres no problema do meu cão -acupuntura e homeopatia. Veja o site da vet que cuidava do meu menino. https://www.facebook.com/veterinariaholistica.dradinoraxavier
Qualquer coisa que precise sabe que é só dizer.
Bj e melhoras para a tua TT
Roberta Detotto

Vespinha disse...

Olá Roberta! Quanda a veterinária disse que não se fazia nada, queria dizer que não se fazia nada de medicação, apenas comportamental, como mais mimo. :) Mas trouxe os comprimidos na mesma, demoram a fazer efeito, mas vamos ver... Falei-lhe do Feliway, mas disse-me que em casos pontuais, como foi este, era melhor os comprimidos.

De qualquer forma, fico com as dicas, preciso sempre de um plano B e de um plano C! :)

Beijinhos

eu disse...

Vespa não te quero assustar mas, com as saudades, há gatos que auto mutilam, e mesmo com o dono já em casa a coisa continua, é por isso que eu venho de férias 2 dias antes de qualquer ausência maior, para estar com os meus gatos. Chamem-me maluca mas é mesmo por causa deles e o meu sogro todos os dias, quando estou ausente, vai lá a casa fazer umas festinhas a eles... ass. Pink Poison

Vespinha disse...

Pink Posion, sim, estas peladas são uma espécie de automutilação, e continuaram já depois de eu regressar. Por isso é que agora estou a experimentar os comprimidos, para ela se acalmar um pouco, além de lhe dar mais mimo. Mas mimo em excesso também pode não ser bom, pois aumenta a dependência. É terrível, tudo tem dois lados...

Elas também tiveram visitas todos os dias, mas a TT é muito agarrada a mim, acho que é uma característica dos siameses.