31 de agosto de 2015

Questionar: sim ou não?

A meu ver, tem de ser q.b. Apesar de não conseguir deixar de o fazer sempre em excesso.

2 comentários:

CAP CRÉUS disse...

Questionar sempre!
Não podemos ser ovelhas e ir atrás do que nos dizem!
Com a educação possível, está claro. :-)

Vespinha disse...

:)