24 de março de 2016

Partes da anatomia que eu não sabia que tinha

Graças a uma constipação valente que não me larga há uma semana, acabo de descobrir os seios paranasais. Quando ontem acordei com uma sensão de pressão nos dentes molares, a primeira decisão foi ir ao dentista, uma vez que é comum, na gravidez, haver perda de cálcio.

Já lá, apesar de me terem encontrado uma cárie pequenina (tratada no momento sem anestesia), colocaram a hipótese de a minha dor não ser nos dentes, mas nos seios paranasais, cavidades que temos atrás da testa, dentro das maçãs do rosto, em ambos os lados da ponte do nariz e atrás dos olhos, com a função de assegurar que o ar que inspiramos está à temperatura certa e com a hidratação ideal para entrar nos pulmões.

Quando estamos muito constipados, a congestão nasal faz com que o ar tenha dificuldade em sair dos seios paranasais, causando pressão dentro dos mesmos. E daí vem a minha dor. O que fazer? Esperar que a constipação passe, beber muitos líquidos, ialaar vapores, evitar locais secos, desobstruir o nariz e evitar a inalação de produtos irritantes, diferenças bruscas de temperatura e baixar a cabeça.

5 comentários:

Ana Chagas disse...


Bom dia!
Obrigada pela dica, pois esta minha constipação faz-me passar exactamente pelo mesmo. Sente-se uma pressão no rosto, em redor das órbitas, que é algo por demais! E ao tentar descrever tudo isto, só me vinha o nome em inglês das ditas coisas.
As melhoras! :)

Pink Poison disse...

Boa dica, como sempre vespinha, as melhoras!

Rita disse...

Isto nunca me tinha acontecido, nunca tinha estado tanto tempo constipada. Estamos sempre a aprender, e agora depois de saber já me defenderei de maneira diferente. :)

PEQUENOS DELITOS RENOVADOS disse...

Vespinha...
A palavra SINUSITE vem de "inflamação dos sinos... seios"!!!

Vespinha disse...

Olha, nunca tinha feito essa associação! :)