21 de maio de 2018

Minibalanço do quadrimestre

Estes primeiros 4 meses de 2018 têm trazido uma sucessão de obstáculos que às vezes me fazem pensar que as energias positivas e negativas existem mesmo:
- morte da Vespinha
- agravamento dos meus problemas de miopia
- infeção ginecológica que deu para apanhar um pequeno susto
- infiltrações em casa ainda sem resolução à vista
- entrada e permanência em coma de uma pessoa de quem gosto e a quem devo muito
- algumas indefinições profissionais
- mudanças familiares que implicam decisões difíceis

Espero, ansiosamente, que este segundo quadrimestre traga mais coisas boas e menos tristezas. A começar por bons resultados na ressonância magnética que faço anualmente e a terminar pelo sucesso do aniversário das miúdas, passando por umas férias retemperadoras.

Preciso de um pouco de paz.

6 comentários:

GATA disse...

"Been there... and still there." (...e sem perspectivas de melhorias, nem uma luzinha ao fundo do túnel...)

Ana Chagas disse...


Lamento que estejas a passar por uma série de momentos menos afortunados.
Segue daqui uma onda de energia positiva, carregada com o sincero desejo que os tempos de bonança cheguem rapidamente aí.


CAP CRÉUS disse...

Força nisso! As coisas vão melhorar!
Bj

Vespinha disse...

Claro que vão, só que quando vêm são todas ao mesmo tempo. ;)

Caco disse...

Porque achas que o meu blogue está praticamente parado há cerca de um ano? Felicidades. Que tudo melhore por esses lados.... Beijinhos

Vespinha disse...

Caco, desejo-te o mesmo... Beijinhos