30 de julho de 2018

Declaração do meu Pai a um Querido Amigo

Acordámos cedo com o mesmo desejo. Encontrámo-nos logo no primeiro dia, na velha Faculdade de Ciências, na aula de Física Médica, e desde então estudámos, conversámos, rimos e discutimos. 

Completámos, faz hoje 42 anos, a nossa licenciatura. A nossa carreira académica foi em tudo semelhante. Eu sei o que tu sabias, tu sabias o que eu sei. Temos a mesma visão do mundo, seguimos os ensinamento do Prof Abel Salazar: «Médico que só sabe de Medicina, nem de Medicina sabe.» Cada qual na sua área ajudámos, posso dizê-lo, milhares de pessoas e nunca nos moveu objectivos financeiros.

As nossas vidas seguiram fisicamente separadas, mas unidas nos objectivos e corações.

Obrigado por teres entrado na minha vida e de muitos dos meus. Infelizmente não te posso agradecer pessoalmente.

Serás sempre, sempre, o meu Amigo
JOÃO FREDERICO

Nota minha:
O Dr. João, amigo de há mais de 40 anos do meu Pai (e mais tarde também da minha Mãe), foi a pessoa que há uns anos me salvou dos meus próprios pensamentos, antes e depois do nascimento das minhas filhas, quando o meu medo de morrer abafava a minha alegria de viver. Foi mais do que um psiquiatra, foi um amigo que se preocupava comigo mais do que muitos que tenho. Devo-lhe imenso, mais do que ele alguma vez possa suspeitar.
O Dr. João faz hoje 42 anos de curso.
O Dr. João faz hoje 66 anos de vida.
No dia 26 de abril, o Dr. João estava sozinho no seu consultório quando teve uma paragem cardiorrespiratória, estando mais de meia hora sem oxigenação cerebral. Desde aí, encontra-se numa espécie de coma, sem reagir a quaisquer estímulos. Não há esperança, dizem os colegas que o admiram mais do que todos. Mas eu, irracionalmente, acredito em milagres, e quando estou em casa acendo todos os dias uma vela por ele
O mundo precisa de si, Dr. João.
Um grande beijinho cheio de gratidão.

2 comentários:

madalenaoliveira3@gmail.com disse...

Também meu Amigo.
O "nosso" João Frederico
Com ele "fiz" no Centro da Taipa, o Curso de Toxicodependência
Com ele, fiz consultas dessa valência, no Centro de Mira Sintra, extensão do Centro de Saúde do Cacém

Contigo sei o que sei sobre - Toxicodependência
Obrigada João

Que pena temos.

Uma imensidão de beijinhos
Madalena

pedro disse...

Portugal is the Biggest Racist country that i have ever lived in. I feared for my life there and i consider myself lucky that my family got out alive! I have never lived in such poverty (Sopas dos Pobres everyday) 40% unemployment rate and 60% of the population earn less than $932 USD per month, and that's considered Middle Class here! Within the European Union it is the worst of the worst place to live.

The bottom line is the bulk of the People in our poor country exist in a brainless comma that is fed by Ignorance, anti-Spanish hate, and severe Racism of pretty much everybody that isn't Portuguese! And, Portugal started the Global Slave Trade in 1441 so it is definitely NOT a safe place for Blacks!!

I found important websites that explain the Severe multi-generational Racism and Hate that exist in Portugal today, and i highly encourage all to read them and spread the word in order to avoid innocent, and desperate people from living or visiting there. Get educated on the Truths about Racist Portugal now.



1) https://www.theroot.com/a-white-journalist-discovers-the-lie-of-portugal-s-colo-1790854283

2) https://saynotoracistportugal.neocities.org/

3) http://www.discoveringbristol.org.uk/slavery/routes/places-involved/europe/portugal/

4)SOPAS DOS POBRES EVERYDAY IN PORTUGAL BECAUSE OF NON EXISTENT ECONOMY:

https://www.noticiasaominuto.com/pais/764453/sopa-dos-pobres-foi-criada-ha-anos-mas-ainda-existe-problemas-persistem

5) http://www.ipsnews.net/2011/10/portugal-crisis-pushes-women-into-prostitution/

6) https://www.theatlantic.com/business/archive/2013/06/the-mystery-of-why-portugal-is-so-doomed/276371/


Be SAFE friends. Hugs.