31 de outubro de 2019

As gémeas de Auschwitz, de Eva Mozes Kor

Desde que tenho gémeas que agarro tudo o que tenha gémeos pelo meio, e este livro tem a vantagem de abordar o Holocausto, tema que sempre me interessou bastante. Já sabia que o doutor Mengele tinha uma fixação por gémeos, com os quais podia fazer experiências sempre com diferentes variáveis disponíveis, mas não sabia em concreto que tipo de coisas fazia, e que quando um gémeo morria o outro deixava de ter préstimo.

Mas, à parte uma pequena percentagem do livro que aborda estas experiências, é mais uma história de sobrevivência, neste caso em concreto de uma criança de 10 anos que se reveza para sobreviver e manter viva e motivada a sua irmâ gémea.

Eva Mozes Kor dedicou o resto da vida a divulgar a sua história, fundando inclusive a CANDLES (Children of Auschwitz Nazi Deadly Lab Experiments Survivors) e um museu do Holocausto em Indiana, EUA.

Resumindo, é mais uma história interessante mas que não acrescenta muito de novo ao que já sabia sobre Auschwitz. Mas bom para quem está a começar a entrar no tema.