26 de julho de 2014

Estes dias são para torcer pela Vespa Gata


À partida não é nada de muito grave, provavelmente um corpo estranho que se alojou no lombo e que lhe criou um abcesso feio. Agora são uns dias a antibiótico, anti-inflamatório, limpeza diária do local afetado e uma data de tempo com o funil na cabeça. Que acaba por ser aquilo que me (e lhe) custa mais.

9 comentários:

Nina Nininha disse...

Agora é só miminhos e mais miminhos e muito descanso até a “vespa gata” poder voltar a “acelerar”.
Desejo rápidas melhoras :)

Nina
momentosemcapsulas.blogspot.pt/

Vespinha disse...

Esta fase é a mais complicada por causa do funil, tem de se adaptar a usá-lo enquanto come, bebe e vai às pedrinhas. Com os tratamentos posso eu bem. :)

Anónimo disse...

Força TT ! Cá em casa estamos todos a torcer por ti, o Gato Zorba incluido!

222

Anónimo disse...

Pois que me enganei: não é a TT, mas a vespa gata...

222

Vespinha disse...

O que interessa é a intenção, a Vespa Gata agradece e diz que se tem portado muito bem no tratamento local mas muito mal na toma de medicação. :)

Leana disse...

A torcer pela Vespa Gata. Vai dando notícias dela, ok?

CAP CRÉUS disse...

Está melhor?

Vespinha disse...

Dá-me ideia que o abcesso está um pouco menor, mas não sou grande coisa nestas verificações... Tenho-a a tratado todos os dias de manhã e à noite, mas dar o antibiótico é um inferno!

De qualquer modo, ela continua a comer, a beber e a ir às pedrinhas, o que significa que a prostração tem mais a ver com aquele capacete do que com outra coisa...

Anabela Julião disse...

O colar incomoda-lhes mais que qualquer outra coisa... Ela vai fica boa! Por cá, eu e a família felina feliz torcemos pela Vespa Gata :)