29 de agosto de 2014

As coisas simples da vida, n.º 146


Acontece-me tantas vezes! E sobretudo com os meus pais e irmão.

6 comentários:

Ana Chagas disse...



Também me acontece, em particular com a minha melhor amiga, a minha irmã do coração. :)
Dizemos que temos uma "linha directa", uma espécie de conexão telepática, porque nos dias em que penso nela, ela pensa em mim, e acabamos por nos ligar, muitas vezes ao mesmo tempo.

GATA disse...

A mim não me acontece... Não sou telepata! :-)

Vespinha disse...

Sim, acho que é uma espécie de telepatia...

Gata, não serás telegata?:)

GATA disse...

Exacto, sou telegata, e a coisa só funciona com telepatas! :-)

Celeste Silveira disse...

Na mouche Vespinha. Só que o post coincidiu com a data mais triste de toda a minha vida. A minha querida mãezinha morreu. Desculpe vir para aqui lamentar-me, mas serve como mais um desabafo. No meio de tantos. Passaram só cinco dias e as saudades já são tantas! Quem me dera continuar a receber telefonemas... da senhora minha mãe!

Vespinha disse...

Oh... Celeste... nem sei o que lhe dizer... Às vezes refilamos com os nossos pais, mas quando nos faltam... Um abraço forte, com a convicção de que ela estará algures a olhar por si.

PS: Estou sempre disponível através do mail do blogue: vespaaabrandar@gmail.com